INFORMAÇÃO IMPORTANTE - COVID 19

Para minimizar riscos de contágio dos nossos clientes e parceiros, assim como dos nossos familiares e amigos, implementamos um conjunto de procedimentos e de equipamentos de proteção individual, a utilizar durante as visitas aos edifícios ou frações, nomeadamente:
1. Utilização de máscaras de proteção facial, descaráveis;
2. Utilização de proteções de calçado, descartáveis;
3. Desinfeção das mãos;
4. Desinfeção de todos os equipamentos usados durante a visita;
5. Assegurar uma distância física, em relação aos proprietários, ou outras pessoas presentes, não inferior a 2 metros;
6. Trocar documentos e informação unicamente de forma digital, e
7. Privilegiar os meios digitais de pagamento.

2EQ - Energia | Engenharia | Qualidade

Fornecemos serviços de Certificação Energética. O processo de emissão do Certificado Energético pode ser aqui consultado, e em poucos dias poderá ter o seu Certificado Energético pelo preço da tabela anexa. Contacte-nos.

 

Tipologia Total = (honorários+taxa ADENE+IVA)
   
T0/T1 129 € = (77+28+24)
   
T2/T3 159 € = (88+41+30)
   
T4/T5

203 € = (110+55+38)

   
T6 e sup. 245 € = (134+65+46)
   
Comércio e serviços 289 € = (100+135+54)
   
  • Preços válidos para a região do Porto até 2021-12-31. Para outras regiões solicitar orçamento.
  • Preços válidos para edifícios que já tem Licença de Habitabilidade. Para edifícios "Novos" ou sujeitos a "Grande Renovação", solicitar orcamento.
  • Preços válidos para edifício de comércio e serviços até 250 m2 e 30 kW de potência de climatização e sem utilização. Para edifícios de comércio e serviços com mais área, e/ou em funcionamento, solicitar orcamento. Não fazemos certificação de edifícios de comércio e serviços "novos" ou sujeitos a "Grande Renovação".
  • Estes preços não incluem eventuais custos de intermediação comercial.

 

De acordo com o Decreto-Lei 101-D/2020, A Certificação Energética é obrigatória em edifícios novos e usados a partir do momento em que são colocados no mercado para venda ou arrendamento, directamente pelos proprietários ou pelos mediadores imobiliários, devendo, nos anúncios publicados, ser indicada a classe energética a que o imóvel pertence. O proprietário também deve entregar uma cópia do Certificado Energético ao comprador ou locatário no ato da celebração do contrato de compra/venda, locação financeira ou arrendamento. 

No entanto há algumas situações onde se dispensa a sua emissão. Elas são aqui identificadas.